Dois anos mais tarde

Há quase dois anos que não escrevia neste blog e há tanto que tenho para contar! Não parei de escrever porque deixou de haver “ires” e “voltares”. Parei de escrever porque vim para o Quénia, África, e achava que não conseguia colocar em palavras o que vivo aqui. Mas a partir de hoje vou tentar. Então, … More Dois anos mais tarde

Hola, Madrid!

Lisboa já ficou para trás. As estações de comboio, que sempre tanto me disseram, dizem-me agora mais: falam-me ao ouvido, baixinho, sobre despedidas que espero serem mais um “até já”. Até qualquer dia, até sempre, para sempre, Lisboa. Vou ter saudades tuas. Demorei 10 horas a chegar a Madrid. A carruagem estava praticamente vazia e, … More Hola, Madrid!

O surf noutra dimensão

Ouvi falar sobre o couchsurfing pela primeira vez há cerca de quatro anos. Desde aí, levei cerca de três anos até ter oportunidade/coragem para surfar, não no sentido literal, pelo sofá de pessoas completamente desconhecidas. Para quem, como eu, prefere adormecer na sala em vez de adormecer no conforto da cama, fazer couchsurfing é um … More O surf noutra dimensão

Foi sem pedir

Foi sem pedir, esta fotografia. Ela estava sozinha, no mundo dela, a pintar os lábios de vermelho. Apercebeu-se que estava gente por perto e esta foi a cara dela quando viu uma desconhecida de câmara fotográfica em punho a disparar contra ela. Leva sempre, pela frente, esse brilho nos olhos. Surpreende, assim como desta vez, … More Foi sem pedir